Energias do lugar – Telurismo – energias da mãe terra

É importante observar que na natureza,  não existe nada intrinsecamente bom ou ruim, todos os elementos e forças adotam características de acordo com o modo que são utilizadas e em que percebemos subjetivamente um evento determinado.

Se a energia provém da terra e se estamos andando sobre ela, vou te explicar aqui como esse assunto pode ser relevante.

Acontece que temos, correntes de água, no nosso subsolo, e estas águas podem mover elétrons através do atrito que essa água faz, como ela já está aí há muito tempo, isso reflete na superfície e podem ao longo do tempo criar desequilíbrio no corpo físico, porque , esse movimento pode alterar o movimento que ocorre no nosso próprio corpo. Assim como vemos as qualidades da água, de um lago, de um rio calmo , ou revolto, assim são as águas subterrâneas também e estas qualidades da água subterrânea, vão ter diferentes características na superfície.

Faz muita diferença se essa água é limpa, se essa água foi poluída, ou pior se na verdade passam canos de esgoto por debaixo da obra. Isso pode ser bem ruim, principalmente se estiver nos quartos de dormir.

Uma pessoa capacitada para achar água , um zahori, ou um poceiro,  vai sentir as vibrações da terra, e as diferenças, e assim vai ser possível indicar com muita precisão , onde pode ser cavado , e o caudal de água que pode ser achado e mesmo se essa água é boa para se beber ou é inadequada. Também com precisão indicará a profundidade dessa água. Esta pessoa foi treinada para isso, então ela sabe a origem das sensações e onde elas estão, e quem não foi treinado , pode estar dormindo muitas vezes acima destas correntes , padecer de moléstias causadas por isso sem se dar conta, por isso assinalo aqui a importância da observação das sensações de como se dorme e como se acorda, e comparar com outros lugares , ou outras casas.

As veias ou correntes de água subterrânea em movimento aumentam a condutividade elétrica da terra e criam uma fricção em contato com as paredes de rochas, que por sua vez originam correntes elétricas e eletromagnéticas, as quais se manifestam na vertical e podem ser medidas na superfície como variações do campo eletrostático ou da radiação eletromagnética. Nesta vertical  se observa um aumento da radiação de microondas de onda curta e de raios gama, diminuição da radiação infravermelha e de neutrons térmicos, provocando a ionização do ar.

Em algumas casas, há sinais como umidade e paredes emboloradas.

Falhas geológicas, se alguém já leu sobre a sacerdotisa de Delfos, que ficava sobre uma fumaça que saía da terra, podemos imaginar que se tratasse de uma falha, pois indica uma fenda em rocha e através dela escapam gases do interior das rochas. Podemos ter isso de maneiras sutis, as sensações serão sentidas na cabeça, como pontadas, ou tensões, se estamos acima de uma falha.  Nas casas,  além disso também quando há diferenças de altura, há diferenças de tensão no solo, casas que estão encostadas na terra, podem ter o comportamento de falhas no sentido de ter diferentes tensões que passam para o interior dos edifícios.

Algumas vezes é possível observar trincas nas construções que coincidem com falhas geológicas.

Então além do movimento que o que está embaixo promove na superfície, também temos o fator importante de ter diferença de potencial, que é que causará muitas anomalias em nosso sistema de energia, por exemplo, se sua cama está acima de um fluxo de água, só a metade de seu corpo e o restante não , vai submeter metade de seu corpo a uma força e a outra metade a uma maior ou menor, isso quer dizer que seu corpo sentirá e poderá traduzir por uma dor, ou reter líquidos , isso para deixar essa explicação simples.

A terra é viva e fonte de vida em si mesma, se bem que a modernização da civilização atual chegou a limites que supõem uma desconexão com nossas origens , com a natureza, provocando uma perda de harmonia e repercutindo na perda da saúde.

Viver e trabalhar num espaço saudável, que nos permita realizar uma correta eliminação das toxinas, repor as energias e regular os processos metabólicos e psicológicos enquanto temos um sono saudável, passa a ser uma opção pessoal, inerente a tomada de consciência de como nos influencia o lugar em que habitamos, é o que podemos concluir.

bibliografia: Geobiologia y Biohabitabilidade – La salud a través del Habitat

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s