Acabou a alvenaria, a queridinha da obra

Tão rápido, começa e acaba, enche a gente de sonhos, pois podemos ver a divisão dos cômodos, o tamanho real, com que sonhamos ou decepcionamos , mas enfim segue ela lá!

Em poucos dias , chega na fase da laje! Se assim houver, pois algumas obras, esta minha Casa saudável, por sinal tem uma parte sem laje, que foi feita , agora não , no outro post, quando falar sobre ela!

Enfim, como obra saudável, essa fase não tem nada de diferente da obra tradicional, optamos por reduzir o aporte de madeira a obra, como item de sustentabilidade, preferimos usar canaletas, em vez de formas, nesse caso isso, era possível, há alguns casos que não podemos fazer isso , pois necessitamos de uma estrutura maior e mais forte.

Reforçamos as aberturas de portas e janelas, ainda em tempo, quando estávamos com metade da alvenaria troquei uma janela de posição, de um dormitório, ficava para o leste, porém o muro vizinho, não permitia o aporte de Sol, e iluminação que gosto nas minhas obras, então , mudamos a contragosto para sudoeste, porém esse lado recebeu um sol interno no final da tarde e melhorou muito a iluminação, esse era o objetivo.

Para estas mudanças é importante estar presente, e ir namorando a casa, assim pode-se perceber que pontos podemos ainda alterar e beneficiar o lugar!  Mudei a aparência de um degrau para mais largo. Pois ia dar mais presença. Pequenos ajustes, junto com o pedreiro de posição de porta alguns centímetros mais para um lado do que para outro , podem fazer a diferença na hora de por interruptores, ou ter espaço com folga para a guarnição da porta.

Detalhes de por uma iluminação a mais, todos são nesta hora, em que se pode ir imaginando e sonhando , como será o ambiente, e lógico fazer nossas adaptações ao que se pode ou não executar.

Pequenas mudanças são bem vindas, grandes significam falha de projeto, por isso é importante estar atento na hora do projeto, é onde deveria ser gasto um tempo para análise e não ser feito com correria , pois o próprio projeto precisa de maturação, precisa ser sentido que nem tudo que imaginamos pode ficar bom, podemos fazer alterações até tudo estar conforme nossos desejos e adequado com aquilo que é possível!

E sim pensar e ousar , pois o que não é a vida senão nossa criação? Uma frase de Tonny Robins, para refletirmos:  Se você não trabalhar para os seus objetivos você vai ser refém dos objetivos dos outros, você vai ter que trabalhar para o que os outros querem com o seu tempo, se você não souber bem empregá-lo. Então que saibamos definir nossas metas e trabalhar por elas!

Além de visualizar nossa construção e sonhar que aquela lampada de led que vi ia ficar muito legal no patamar da escada, procurar com o pedreiro se podemos acrescentar uma caixinha a mais e se há caminho para ela chegar até o sonhado ponto e voilá!  Assim é!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s