Reações Biológicas versus as perturbações das radiações emitidas pela terra

globe-895580_960_720

Robert Endros – trecho da tradução para o espanhol de Mariano Bueno e Magali,  e minha tradução para o português. Boletim GEA

Parte 1:

Nosso entorno vital da superfície da terra é atravessado por uma radiação eletromagnética que oscila vários milhões de vezes por segundo. Desde que, a matéria que denominamos terra, se condensou, cada átomo , cada molécula da terra, da água e do ar, foi afetado por esta radiação e se orientou por ela.

Esta situação é tão fundamental, e “tão assim”, que não somos conscientes dela. De ftao, só quando a radiação de fundo se modifica, chega a manifestar-se através de sensações específicas, que vão desde a dor até exultação. O médico pode se dar conta que algo se passa, quando seus pacientes aumentam, sem que se tenha percebido nada visível ou nenhuma mudança no tempo.

O conceito deste campo de radiação de frequências de microondas, todavia não tem sido levado em consideração, mesmo pelas disciplinas que estariam relacionadas com elas em primeiro plano, como  a medicina ou a bio meteorologia, tão somente a Biofísica, disciplina científica ainda muito jovem, que centra neste momento sua atenção a radiação ambiente como fator que condiciona o entorno.

Frente ao desconhecimento, destas radiações e dos seus efeitos destas, presentes em nosso entorno e que interagem com nosso meio vital, resulta mais evidente que as perturbações dos diferentes tipos de radiações, como fatores de causa de radiações biológicas, se chegue a uma clara incompreensão generalizada destas e seus efeitos.

Resulta curioso, que na prática, cada vez sejam mais os médicos que prestam atenção a estas influências invisíveis sobre os organismos e que recomendem a seus pacientes ter em conta as influências dos lugares de longa permanência junto com quartos de dormir, enquanto a ciência, os catedráticos e os Institutos Científicos continuem a ignorar estes temas.

Aqui se evidencia claramente o isolamento dos setores especializados e a ausência de um pensamento interdisciplinar. Existe a idéia generalizada que as radiações naturais terrestres ( no espectro das freqüencias de microondas), têm um nível de radiação tão baixo que não podem desempenhar nenhum papel, como fatores de influência física ou ambiental.

Através dos diferentes capítulos do presente livro ( Le rayonnement de la terre et son influence sur la vie), vamos descrevendo o que seria a radiação ambiental “normal”,  na banda das altas frequências, a partir dos reconhecimentos na literatura ou estabelecidos mediante nossa própria experimentação.

Nós temos sinalizado, que não se pode fazer uma norma estrita no contexto da radiação natural. Devido sobretudo a natureza flutuante ( nas frequências e intensidade), da radiação procedente do Sol, e dos planetas; que provoca a radiação Cósmica que incide sobre o planeta terra e que não seja constante, variando em minutos.

parte 2….

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s