Os segredos das águas subterrâneas

all-saints-951008_960_720

Nestes dias passados, vi o filme Promessas  de Guerra com a estrela Russel Crowe, onde ele com a radiestesia acha água em sua propriedade australiana, algum tempo depois usando dos mesmos conhecimentos, consegue localizar o lugar onde teriam morrido seus filhos, no próprio filme ele fala a um menino que é necessário sentir a água, não se trata de achá-la e sim de senti-la.

Esta técnica de reconhecimento do solo, com uso do corpo, ou de pendulo, ou de varetas, na Espanha é chamada de arte Zahori, a palavra Zahori, tem influência judaico, quando da invasão daquele país e recebe a origem na palavra Zohar, o resplendor… assim como o ator demonstra  nesse filme.

A terra é permeada por estes rios subterrâneos , que muito pouca gente sabe de suas existências ou de suas influências em nossa maneira de viver.

Atualmente, enteve entre  nós,  o cientista Masaru Emoto , com suas lindas fotos de cristais de água, e ele nos mostrou claramente fotos de fontes puras de água uma beleza sem igual, deixando com clareza a mensagem que existe lugares que produzem uma água diferenciada, bela e cheia de energia pura, algumas a que atribuímos  efeitos milagrosos,  já tive o prazer de na infância poder beber  água de lugares nunca poluídos e posso afirmar que até o gosto me pareceu diferenciado.

Tudo o que comemos, respiramos e sentimos, influencia nossa saúde global, também o que bebemos, e mais concretamente a quantidade e qualidade da água que ingerimos. Somos basicamente água, por isso a água é fundamental em todos os processos biológicos de nosso corpo: forma parte intrínseca das células, intervém na eliminação dos resíduos, na reparação dos tecidos, nas secreções gástricas e na maioria das funções vitais. Portanto sua  qualidade e vitalidade, pode influenciar nosso bom ou mal estado de saúde. É daí que muitos mestres insistem na transcendência de saber o que bebemos  e eleger águas que além de puras, sejam vitais.

Recordemos também de Masaru Emoto, a capacidade da água de receber informações, então está a  nosso alcance poder produzir uma melhora na qualidade da água, seja por dinamização, jarras redondas podem ser agitadas fazendo esse movimento, seja por músicas, seja por imposição de mãos para aqueles que praticam alguma terapia com energia, sejam, a exemplo dos ensaios deste cientista japonês, colar palavras boas nos vasilhames de água, enfim há muita coisa que podemos incorporar no nosso dia a dia.

Ainda,  me recordo dos tempos de tenra idade onde não havia ainda serviços de água, mas sempre alguma pessoa da comunidade que podia achar onde se poderia cavar um poço e além disso avaliar se aquela água se tratava de uma água “boa”. Hoje com maiores conhecimentos podemos promover pelo menos a água que bebemos com ajuda de filtros e métodos de aumentar sua qualidade energética e assim provermos de uma melhor vitalidade, podendo assim melhorar também nossa qualidade energética na questão da água!

Lembrando, que como a água pode ser sentida e está em constante movimento, e também tem diferentes qualidades, aquelas que passam por lugares de regeneração, aquelas que passam por lugares onde a energia tem baixa vitalidade, desgastando a água e suas qualidades , imagine você se a cama ou lugar de trabalho ficar acima de um local destes , com certeza iremos ter efeitos ao longo do tempo que não são compatíveis com o nosso campo energético, podendo inclusive gerar desgastes que irão se refletir na qualidade do sono , e uma vez que o sono não seja reparador a saúde estará em declínio também, fez sentido?

O que você faz pela água que você bebe?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s