Que dor de cabeça, será você ou a sua casa?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
acervo -Jardim de Marta

Você já ouviu a expressão , síndrome do edifício doente?  Sim e quem habita ou trabalha nele, se não está doente, provavelmente vai ficar…

Esta expressão foi criada ainda em 1983, pela OMS, (Organização Mundial de Saúde), mas ela não se refere a casas mofadas e mal cuidadas, ela se refere a edíficios novos e modernos, porém, com características que vão adoecer seus usuários, prédios herméticos, envidraçados, produzidos e mobiliados com materiais que destituem a saúde de seus usuários.

Se não fosse gastos verdadeiras fortunas nestas construções chegaria a ser engraçado, o máximo em tecnologia, já chegou a ser fechado para uso, enquanto não fosse adequado, isso foi sim falado de um prédio famoso na Espanha. Mas e nas nossas casas, que por vezes, além da falta de estudo destes fatores, ainda há o desconhecimento total das interações de todos esses elementos, pisos sintéticos, tintas toxicas, materiais em móveis que permanentemente exalam gases tóxicos.

Isso apenas nos chama para prestar mais atenção a natureza, aos materiais mais naturais a ter atenção redobrada na hora da compra de materiais, tanto nas construções, como na hora de mobiliar e decorar, devemos ter em conta, e pedir sempre pelos produtos inócuos a nossa saúde, se os pedidos começarem a aumentar, por certo acontecerá o mesmo com a oferta.

Então qual vai ser a sua participação ? Porque eu estou perguntando, se for a única com certeza não trarei muito resultado, mas se houver um grupo pedindo, certamente haverá uma atenção maior para estes produtos, como já se observa nos países onde essa idéia de bio-construir já se encontra enraizada.

E, veja se tem lógica, se fecha tudo para ligar ar-condicionado, não se faz aberturas e se ligam lâmpadas artificiais, que não iluminam como o sol, faltam muitas partes da luz, se fazem paredes que não respiram de modo que se fique dentro de uma caixa impermeável, longe dos processos naturais, os quais fizeram parte da evolução humana até muito pouco tempo atrás, vai nos levar aos edifícios enfermos ou a pessoas enfermas, uma coisa não é afastada e distante da outra.

Então vamos fazer ambientes que nos ajudem, ou no mínimo que não nos atrapalhe, afinal muito ajuda quem não atrapalha!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s